Última hora

Última hora

O combate de Malala sobe à tribuna da ONU

Em leitura:

O combate de Malala sobe à tribuna da ONU

Tamanho do texto Aa Aa

A jovem paquistanesa Malala Yousufzai vai voltar hoje a defender, na sede da ONU, em Nova Iorque, o combate que quase lhe custou a vida há nove meses atrás: o direito das raparigas à educação.

A estudante que cumpre hoje 16 anos vai realizar o seu primeiro discurso frente à Assembleia Geral da ONU e a mais de 650 crianças de vários países, para pressionar os líderes mundiais a cumprirem a promessa de educaçâo primária universal até ao final de 2015.

A jovem tinha-se tornado num ícone no Paquistão depois de ter sido alvejada na cabeça por um Talibã, após ter denunciado num blogue a proibição, imposta pelo grupo armado, das raparigas acederem às escolas.

Depois de ter estado 15 dias entre a vida e a morte, Malala foi transferida para o Reino Unido, onde pôde recuperar e retomar o seu combate.

euronews em direto