Última hora

Última hora

Parlamento irlandês aprova controversa lei do aborto

Em leitura:

Parlamento irlandês aprova controversa lei do aborto

Tamanho do texto Aa Aa

Tornou-se numa maratona, com momentos até de bastante informalidade, o debate sobre a nova lei do aborto na Irlanda. O “sim” ganhou, abrindo a porta à interrupção da gravidez quando estiver em risco a vida da mãe.

Ao longo de todo o dia, sucederam-se manifestações de ambos os lados junto ao parlamento, ou não fosse esta uma questão muito controversa num país profundamente católico. Aliás, a ministra dos Assuntos Europeus foi afastada do cargo, após ter defendido o “não”.

A proposta, aprovada com 127 votos contra 31, ainda tem de ser confirmada pela câmara alta, o que não deverá ser um obstáculo para o seu avanço, uma vez que o partido do primeiro-ministro Enda Kenny está em maioria.

Estima-se que, todos os dias, mais de uma dezena de mulheres irlandesas sai do país rumo à Grã-Bretanha para realizar um aborto.