Última hora

Última hora

Tempos de cólera no Egito

Em leitura:

Tempos de cólera no Egito

Tamanho do texto Aa Aa

Quem fala verdade no Egito? Os dois campos apresentam versões bem diferentes dos factos e eventos das últimas semanas. Em apoio da Irmandade Muçulmana, olhamos o documento de um jornalista próximo do movimento, que morreu num tiroteio no dia em que filmava uma reportagem. O trabalho da TVE contém imagens que podem ferir suscetibilidades.

10.000 franceses vivem no Egito ao ritmo das revoluções e reviravoltas no país. Têm uma visão interna e externa do Egito. A France 2 encontrou um casal que vive na praça Tahrir.

O Ramadão começou. No Egito, os manifestantes não fazem tenção de abandonar a luta e mantêm-se organizados. O sentimento é amargo para os apoiantes da Irmandade, como notou a televisão suíça TSR.

A economia egípcia está no vermelho. O importantíssimo setor do turismo está em queda desde o ano passado e não deve melhorar este ano, visto o que está a acontecer. A televisão russa RTR encontrou alguns dos raros turistas russos que visitam o Egito.