Última hora

Última hora

A longa espera pelo parto mais aguardado do mundo

Em leitura:

A longa espera pelo parto mais aguardado do mundo

Tamanho do texto Aa Aa

Ainda não veio ao mundo e já é um bebé que motiva as mais diversas formas de mediatização. À porta do hospital de Saint Mary, em Londres, onde a Duquesa de Cambridge vai dar à luz, o aparato de curiosos e jornalistas, que há duas semanas começaram a acampar aqui, é, no mínimo, impressionante. Na iminência do imensamente aguardado parto, é o compasso de espera que se torna na própria notícia.

O especialista em assuntos da realeza do The Times, Valentine Low, declara o seguinte: “É uma situação absurda esta de ter os media desesperados por uma notícia. Não há qualquer informação. Ninguém sabe quando é que vai nascer, nem quando é que Kate vai dar entrada. Mas os jornalistas têm de esperar. Ficam aqui sentados, entediados, a ser parasitados por aqueles que passam.”

Um transeunte afirmava que “é tudo uma questão de negócio. Para si, para os outros e para a família real.”

Como o famoso museu de cera Madame Tussaud não pode antecipar a figura do bebé, decidiu-se assinalar este momento com a deslocação das representações de Kate e William para um cenário de festa no jardim, assim como que em jeito de celebração.