Última hora

Última hora

Búlgaros estão nas ruas há um mês

Em leitura:

Búlgaros estão nas ruas há um mês

Tamanho do texto Aa Aa

Os protestos contra o novo executivo búlgaro duram há exatamente um mês. A nomeação de um controverso empresário para diretor dos Serviços de Informação acenderam o rastilho e, desde então, as manifestações tornaram-se diárias.

Ontem, dezenas de pessoas voltaram a exigir a demissão do governo. O número de manifestantes varia de dia para dia já as reivindicações são as mesmas.

Os analistas temem que as ações de protestos até, agora, pacíficas possam dar lugar à violência.

A Bulgária é o país mais pobre da União Europeia. A população acredita que não é por acaso e aponta o dedo à classe política.

De acordo com uma sondagem realizada pela Gallup International, 41 por cento dos búlgaros defende a demissão do atual primeiro-ministro.