Última hora

Última hora

Volta a França: Milhares celebram em Lyon o centésimo Tour

Em leitura:

Volta a França: Milhares celebram em Lyon o centésimo Tour

Tamanho do texto Aa Aa

É um ano muito especial para a Volta a França em bicicleta. A prova rainha do ciclismo mundial, e uma das provas desportivas mais conhecidas do planeta, está a celebrar em 2013 a centésima edição.

Este sábado, curiosamente, a volta à França chegou a Lyon, a mesma cidade onde a primeira etapa terminou em 1903, ano da criação da prova que daí para cá sofreu duas interrupções por causa das Guerras Mundiais e daí só agora, 110 anos depois, estar a celebrar a 100.a edição. Foi, assim, um dia de festa na segunda maior cidade de França, que se encheu com milhares de pessoas oriundas um pouco de todo o Mundo – de vários outros países europeus e até dos Estados Unidos.

A história da Volta a França é grande e foi recentemente manchada pelo caso de doping do norte-americano Lance Armstrong, vencedor de sete Tours já no novo milénio, mas que viu esses triunfos serem-lhe retirados em outubro passado pela União Ciclista Internacional (UCI).

Portugal também faz parte da história da Volta a França, mas por bons motivos. Joaquim Agostinho chegou por duas vezes ao pódio, em 1978 e 79, e ainda venceu uma mítica etapa do Alpe d’Huez. Por estes dias, é Rui Costa o português que persegue a história.

À margem da prova propriamente dita, outras personagens completam a festa que é o Tour. É o caso de Daniel Mangeas, o speaker oficial do tour. Desde 1974, há quase 40 anos, que ele é a voz oficial da volta a França,

O diretor da prova, por sua vez, salienta o papel de Lyon no tremendo sucesso do Tour, competição avaliada em cerca de 100 milhões de euros. “A passagem por Lyon foi fenomenal. O público ocorreu em grande número. Ainda mais do que em outras edições. A centésima edição está a correr muito bem e, por isso, acredito que ainda irão acontecer mais algumas Voltas a França”, afirmou, à euronews, Christian Prudhomme, o responsável do Tour.

O nosso jornalista Vincent Menard, que acompanhou a etapa deste sábado da prova, salienta os cerca de “300 mil espetadores nas ruas de Lyon para ver passar os corredores da Volta a França”. “Foi a 16.a vez que Lyon recebeu a Volta a França. A primeira aconteceu há 110 anos, em 1903, quando Lyon foi o palco da meta da primeira etapa da história do Tour”, concluiu.