Última hora

Última hora

Hungria quer pagar antecipadamente a dívida ao FMI e fechar a representação

Em leitura:

Hungria quer pagar antecipadamente a dívida ao FMI e fechar a representação

Tamanho do texto Aa Aa

A Hungria pretende liquidar o empréstimo do FMI antes do final do ano. Numa carta enviada ao Fundo Monetário Internacional, o governador do banco central húngaro agradeceu o empréstimo de 20 mil milhões de euros, concedido pela troika em 2008, e disse que o país iria pagar a dívida antes do prazo estabelecido, março de 2014. Na missiva, György Matolcsy pediu ao FMI para fechar o escritório de representação depois do reembolso da última fatia de 2,2 mil milhões de euros.

O governo conservador de Viktor Orban foi sempre um crítico das imposições do FMI, a quem acusou de desviar o dinheiro das reformas de aposentação para o entregar aos bancos. Há quem veja neste reembolso antecipado uma medida eleitoralista. O país regressa às urnas na próxima primavera.