Última hora

Última hora

Estados Unidos: Aumentam os protestos contra a absolvição de Zimmerman

Em leitura:

Estados Unidos: Aumentam os protestos contra a absolvição de Zimmerman

Tamanho do texto Aa Aa

Em pleno segundo mandato de Barack Obama, o racismo divide fortemente a sociedade norte-americana. A absolvição de George Zimmerman, no caso da morte do jovem Tayvon continua a provocar protestos em todo o país.
O presidente tentou acalmar os ânimos explicando que a justiça se pronunciou num Estado de direito, mas a Casa Branca recusa-se a ir mais longe nos comentários:

“Isto é uma decisão da justiça, tomada por procuradores de carreira e todas as questões sob a forma como decorreu o processo devem ser dirigidas a eles e não é um assunto no qual o presidente se envolva”, defende Jay Carney.

Já o procurador geral, Eric Holder, prefere apelar a uma reflexão social sobre o assunto:

“Independentemente do determinismo legal, penso que esta tragédia pode dar a oportunidade à nação para falar honestamente sobre a complicada e emocionalmente pesada questão que este caso levantou”.

Mais do que dialogar, milhares de americanos querem fazer ouvir o grito de protesto e prevém já mais manifestações numa centena de cidades do país no próximo fim-de-semana.