Última hora

Última hora

Volta a França: Rui Costa volta a fazer história

Em leitura:

Volta a França: Rui Costa volta a fazer história

Tamanho do texto Aa Aa

Rui Costa escreveu mais uma página de ouro no ciclismo português, num dia tranquilo para o camisola amarela Chris Froome.

Integrado numa fuga com vinte e seis elementos, o ciclista da Movistar atacou em solitário a 18 quilómetros da meta, na derradeira subida do dia ao Col de Manse.

Uma subida que Alberto Contador aproveitou para desferir três ataques à liderança de Froome mas sem sucesso, o camisola amarela nunca deixou o espanhol descolar.

Na frente, Rui Costa conseguiu chegar isolado, festejando a segunda vitória da carreira no Tour e repetindo o triunfo de 2011 em Super-Besse. Curiosamente tratou-se da segunda vitória portuguesa em Gap, depois do brilharete de Sérgio Paulinho em 2010.

A descida final ainda provocou alguns sustos a Froome e Contador mas não mais que isso. O grupo com os principais favoritos cruzou a linha da meta onze minutos e oito segundos depois de Rui Costa.

A vitória valeu uma subida de nove lugares na geral para o português, que é agora 20º classificado. Mais atrás está Sérgio Paulinho, no 133º posto.

Chris Froome tem mais um teste à liderança esta quarta-feira, com 32 quilómetros de contrarrelógio entre Embrun e Chorges.