Última hora

Última hora

Bruxelas quer reduzir comissões dos cartões bancários

Em leitura:

Bruxelas quer reduzir comissões dos cartões bancários

Tamanho do texto Aa Aa

A Comissão Europeia vai tentar impor limites às comissões cobradas pelos bancos nos pagamentos com cartões de débito e de crédito. O colégio de Bruxelas está a preparar um texto legislativo para reduzir a percentagem que os comerciantes pagam às instituições bancárias por cada transação. Atualmente as taxas são diferentes de país para país. Por exemplo, na Dinamarca a comissão cobrada numa compra com um cartão de débito é de 0,1 por cento, enquanto na Polónia é de 1,6 por cento. E nas aquisições efetuadas com cartões de crédito, em França cobra-se uma comissão de 0,5 por cento e na Alemanha 1,8 por cento. Bruxelas quer aplicar as mesmas taxas em todos os estados-membros e propõe uma comissão de 0,2 por cento para os cartões de débito e uma de 0,3 por cento para os cartões de crédito. Estes limites deverão ser aplicados, num primeiro momento, às transações transfronteiriças. As transações domésticas vão ter de aguardar dois anos pela introdução destes limites.