Skip to main content

|

A reestruturação da dívida de Detroit é o primeiro passo para a cidade sair da ruína em que se encontra. O pedido de declaração de falência ao abrigo do Artigo 9, se for aceite pela justiça federal, vai obrigar os credores a aceitar uma negociação. A dívida estimada é superior a 18 mil milhões de dólares. Kevyn Orr foi nomeado em março pelo governador do Michigan, Rick Snyder, para gerir esta situação de emergência. E esta foi a única solução que encontrou: “Eu ficaria muito feliz se alguém me apresentasse outro plano qualquer, tendo em conta as dificuldades que enfrentamos” – afirmou.

Além da dívida astronómica, a cidade encontra-se em ruínas. Existem cerca de 78 mil edifícios abandonados em Detroit, metade dos quais são considerados perigosos. A cidade perdeu 25 por centos dos seus habitantes na última década e conta agora 700 mil residentes. A taxa de desemprego ronda os 20 por cento. A criminalidade violenta encontra-se ao nível mais elevado dos últimos quarenta anos.

Copyright © 2014 euronews

Mais informação sobre
|

Login
Por favor, introduza os seus dados de login