Última hora

Última hora

PRISM: Merkel joga à defesa

Em leitura:

PRISM: Merkel joga à defesa

Tamanho do texto Aa Aa

A chanceler alemã foi parca nas palavras sobre o programa de espionagem norte-americano, com o nome de código PRISM.

O tema foi abordado durante a conferência de imprensa anual, em Berlim.

Angela Merkel jogou à defesa. Disse que a Alemanha é um estado de direito e pediu tempo para esclarecer o caso:

“Estamos a investigar se os serviços secretos externos obedeceram à leis do nosso país e é isso que esperamos. Porque somos parceiros, parceiros contra o terrorismo, na amizade, parceiros que integram a mesma aliança.”

Segundo a imprensa germânica, Merkel conhecia o programa que terá sido utilizado pelo exército alemão em 2011.

Em cima da mesa esteve, também, a crise da dívida na Europa.

“A nossa tarefa nos próximos anos é manter o euro estável e evitar novas crises. Temos vindo a trabalhar para pôr fim à atual crise que ainda não terminou” admite a chanceler alemã.

Os alemães aplaudem a forma como a chanceler está a lidar com a crise na zona euro, mas sobretudo o desempenho da economia germânica. A popularidade de Merkel está em alta, a cerca de dois meses das eleições legislativas.