Última hora

Última hora

Costa Concórdia: as primeiras condenações

Em leitura:

Costa Concórdia: as primeiras condenações

Tamanho do texto Aa Aa

A justiça italiana condenou cinco pessoas por homicídio involuntário e negligência no naufrágio do paquete Costa Concórdia.

Quatro são elementos da tripulação, a outra estava em terra. Trata-se do coordenador da unidade de crise do grupo Costa Cruzeiros, proprietário do navio.

Todos aceitaram parte da responsabilidade no acidente e vão cumprir penas entre os 18 e os 34 meses de prisão.

A sentença já foi criticada pelos familiares das vítimas.

O naufrágio que ocorreu em janeiro de 2012 provocou 32 mortos. A evacuação dos 4.200 passageiros e elementos da tripulação demorou várias horas.

Francesco Schettino, capitão do navio é o principal visado e pode ser condenado a 20 anos de prisão.