Última hora

Última hora

Búlgaros pedem a demissão do governo

Em leitura:

Búlgaros pedem a demissão do governo

Tamanho do texto Aa Aa

Na Bulgária, os protestos pedindo a demissão do governo duram há mais de um mês.

Pelo trigésimo oitavo dia consecutivo, várias dezenas de populares concentraram-se no centro da capital, Sófia, frente ao Conselho de Ministros e gritaram palavras de ordem como “demissão” e “máfia”.

Tudo começou com a nomeação de um magnata dos media, Delyan Peevski, como chefe dos serviços secretos. O governo voltou atrás com a nomeação, mas isso não acalmou a contestação ao executivo chefiado por Plamen Oresharski.

Este domingo, antes de começar o já habitual protesto dos opositores, cerca de cem apoiantes do governo juntaram-se perto do Palácio da Cultura. Assinaram uma petição de apoio ao governo e outra a pedir o afastamento do presidente Rosen Plevneliev.