Fechar
Login
Por favor, introduza os seus dados de login

Skip to main content

|

A coligação governamental do primeiro-ministro japonês terá conseguido maioria absoluta no Senado nas eleições deste domingo.

Pelo menos é o que revela uma sondagem realizada à boca das urnas.

O PLD, Partido Liberal Democrata e a formação Novo Komeito terão assegurado entre 73 e 80 lugares na câmara alta do Parlamento. Assentos que somados aos que tinham conquistado em 2010 garantem uma maioria no Senado, até agora nas mãos da oposição.

Resultados que a confirmar-se garantem ao partido do primeiro-ministro, eleito em dezembro do ano passado, o controlo das duas câmaras.

Para os analistas a vitória é a resposta dos eleitores às políticas posta em marcha pelo chefe de governo.

De acordo com a mesma sondagem, o PD, Partido Democrático – no poder entre 2009 e 2012 – poderá perder mais de metade dos cerca de 40 assentos no Senado.

A taxa de participação rondou os 33 por cento, ligeiramente mais baixa que nas eleições anteriores realizadas há três anos.

Copyright © 2014 euronews

Mais informação sobre
|