Última hora

Última hora

Froome conquista Volta a França e hipoteca saída de Wiggins da Sky

Em leitura:

Froome conquista Volta a França e hipoteca saída de Wiggins da Sky

Tamanho do texto Aa Aa

Christopher Froome, um queniano, naturalizado britânico que venceu a competição mais prestigiosa do ciclismo mundial, um ano depois de ter assombrado a vitória do companheiro de equipa, Bradley Wiggins.

No Tour do ano passado, Wiggins era o líder da Sky, mas por mais de uma vez, Froome sacrificou a vitória na competição para aguardar pelo companheiro nas difíceis subidas de montanha.

Oficialmente, este ano Wiggins não correu o Tour por lesão e Froome teve assim o caminho livre rumo à vitória.

O único obstáculo era Alberto Contador, mas durante a prova, o espanhol dececionou em várias ocasiões e o colombiano Nairo Quintana da Movistrar, com a grande ajuda de Rui Costa, tornou-se na verdadeira ameaça de Froome.

Contudo, o ciclista da Sky fez o que lhe competia: dominou as etapas de montanha e ainda surpreendeu ao vencer o contrarrelógio individual. Na etapa de consagração, em Paris, a camisola amarela já não escapava a Chris Froome.

A luta foi dos sprinters e, uma vez mais, Marcel Kittel derrotou Mark Cavendish e Andre Greipel em cima da meta. Kittel conquistou quatro etapas de sprint e foi o mais rápido do Tour. Quintana foi a grande revelação e Chris Froome foi o melhor. A Sky prepara a renovação do contrato do ciclista até 2016. Já Bradley Wiggins deverá ser convidado a despir a camisola da equipa britânica.