Última hora

Última hora

UE coloca Hezbollah na lista de organizações terroristas

Em leitura:

UE coloca Hezbollah na lista de organizações terroristas

Tamanho do texto Aa Aa

A União Europeia colocou o braço armado do Hezbollah na lista de organizações terroristas. Os ministros dos Negócios Estrangeiros dos 28 chegaram a um acordo para inscrever a estrutura militar do movimento islamita libanês na lista negra de grupos terroristas. A decisão implica o congelamento imediato de todos os bens que o movimento xiita libanês possui nos países da UE.

O ministro dos Negócios Estrangeiros da Lituânia, país que detém a presidência rotativa da UE, afirmou que a Europa não pode “fechar os olhos e abrir um precedente em relação a atos terroristas, como os que aconteceram na Bulgária ou em Chipre, ou ainda em relação à atuação deste grupo na Síria”. Por isso, Linas Atanas Linkeviius considerou que “é tempo de falar verdade”.

Há vários meses que o Reino Unido, com o apoio da França e da Holanda, nomeadamente, procurava persuadir os restantes parceiros. O chefe da diplomacia britânica assegurou que a “UE vai continuar a poder falar com as diferentes forças no Líbano” e a “trabalhar para promover a estabilidade do país”. William Hague afirmou ainda que o Reino Unido está “a apoiar financeiramente as operações de reforço da segurança fronteiriça levadas a cabo pelas forças armadas libanesas” e que a estabilidade no Líbano é algo que “interessa a todos”.

Para justificar a colocação na lista de grupos terroristas, Londres apresentou aos parceiros europeus provas da implicação do braço armado do Partido de Deus num atentado à bomba contra um autocarro com turistas israelitas numa estância balnear na Bulgária em julho de 2012.

Os chefes da diplomacia europeia tomaram uma decisão política com sanções que entram em vigor, no máximo, na próxima semana. Contudo, ainda será necessário esclarecer como é que vão congelar os bens apenas do braço armado do Hezbollah, já que tal entidade não existe enquanto estrutura separada do movimento islamita.