Última hora

Última hora

Massagem oriental ao bebé real

Em leitura:

Massagem oriental ao bebé real

Tamanho do texto Aa Aa

A notícia do bebé real chegou à China e ao Japão. A população deu as boas vindas e celebrou o nascimento do filho dos duques de Cambridge.

O terceiro na linha ao trono britânico, logo após o Príncipe Carlos e o Príncipe William, nasceu com 3 kg e oitocentos gramas e toneladas de mediatismo. Os conselhos à nova mamã são mais que muitos e, da China, passam pelas massagens ao recém-nascido.

Hiromi Ku Saka, instrutora de massagens: “É muito difícil criar uma criança normalmente, rodeada pela atmosfera de pressão de uma família real. Mas se Kate conseguir construir uma ligação profunda com a criança, com massagens para bebé, vai ser capaz de desfrutar da maternidade e a alegria de ver o bebé crescer.”

Espera-se agora o anúncio do nome de um dos bebés mais famosos do mundo, fruto de um casamento entre alguém da monarquia e da sociedade comum, algo que fascina alguns chineses: “Creio que é bom que o bebé tenha sangue misto, da realeza e de uma pessoa comum. Se este bebé herdar o trono, vai estar mais próximo das pessoas. Isso é o que eu penso.”