Última hora

Última hora

Pompeia: UNESCO continua a assegurar reconhecimento como Património da Humanidade

Em leitura:

Pompeia: UNESCO continua a assegurar reconhecimento como Património da Humanidade

Tamanho do texto Aa Aa

O presidente da comissão italiana da UNESCO assegurou que o reconhecimento da área arqueológica de Pompeia como Património da Humanidade não se encontra em perigo.

O ministro italiano da Cultura anunciou entretanto a inauguração e abertura ao público de uma parte das ruínas da cidade recentemente restauradas.

Pompeia foi soterrada pelas cinzas do vulcão Vesúvio no ano 79 da nossa era.

“Temos de provar à Europa que o projeto Pompeia é capaz de superar o desafio a que nos propusemos. Este projeto também demonstrará que somos capazes de trabalhar em conjunto com as diferentes instituições nele envolvidas”, sublinhou Massimo Bray.

Recentemente a UNESCO tinha dado um prazo ao governo italiano, que termina a 31 de dezembro, para apresentar um plano de recuperação do complexo arqueológico de Pompeia, caso contrário a cidade romana entra na lista de “Património em Risco”.

Por várias razões, nomeadamente a falta de fundos e a má gestão, as ruínas estão literalmente a cair e a UNESCO exigiu uma intervenção imediata.