Última hora

Última hora

Uma performance para ver num saco-cama

Em leitura:

Uma performance para ver num saco-cama

Tamanho do texto Aa Aa

A performance de seis horas criada pelo coreógrafo grego Dimitris Papaioannou pode agora ser vista sob a forma de um documentário. “Inside” é um dos destaques do Festival Internacional de Dança de Kalamata, na Grécia.

“ A obra é sobre um quarto no interior de um teatro, no centro da cidade. Nesse quarto, trinta atores repetiram de forma idêntica uma série simples de movimentos, os movimentos básicos que fazemos quando estamos em casa”, explica o coreógrafo.

“A performance tem um motivo que faz lembrar o dos vasos e dos tapetes de Leste. Esse motivo foi repetido e criámos vários níveis. Através dessa acumulação, condensação e diluição de níveis tentámos fazer uma narrativa interna. A performance é uma espécie de contemplação visual”, acrescenta Papaioannou.

Na última noite do festival, a obra é apresentada num écrã de alta definição. Como não tem princípio nem fim, o espetador pode entrar, sair e voltar a entrar a qualquer momento.

“Convidamos o público a ver um documentário num grande écrã, na última noite do Festival. A performance original já de si parece uma projeção a três dimensões. Agora temos uma verdadeira projeção. As coisas são completamente diferentes em termos da energia do espetáculo. Os espetadores podem trazer sacos-cama e passar a noite a viajar através da imaginação se acharem a experiência interessante”, diz o coreógrafo grego.

Papaioannou tornou-se conhecido a nível internacional pela coreografia da cerimónia de abertura dos Jogos Olímpicos de Atenas em 2004.