Última hora

Última hora

Galiza: "imprudência" do maquinista pode estar na origem do acidente

Em leitura:

Galiza: "imprudência" do maquinista pode estar na origem do acidente

Tamanho do texto Aa Aa

A polícia espanhola acredita que o acidente ferroviário na Galiza tenha sido causado por “imprudência” do maquinista.

Detido desde quinta-feira, Francisco José Garzón Amo permanece no hospital e, de acordo com as autoridades só vai prestar declarações quando a situação clínica o permitir.

O maquinista vai ser interrogado na condição de arguido. Uma eventual acusação deve ser formulada no prazo máximo de 72 horas

O chefe da Polícia da região da Galiza confirmou, em conferência de imprensa, que o maquinista é suspeito de um “delito vinculado à autoria do acidente” e vai, por isso, ficar detido, mas nada mais disse.

O comboio descarrilou perto de Santiago de Compostela, no entanto, até ao momento ninguém sabe porquê. Falha técnica ou erro humano são as hipóteses em cima da mesa.

Sabe-se para já que o acidente ocorreu num troço misto onde não existia um sistema automático de limitação de velocidade ferroviária.