Última hora

Última hora

Mick Jagger: 70 anos como um principiante

Em leitura:

Mick Jagger: 70 anos como um principiante

Tamanho do texto Aa Aa

Mick Jagger fez 70 anos. O percurso do vocalista dos Rolling Stones confunde-se com a própria história do rock’n roll. Uma história que continua em aberto já que após, meia década ao serviço da música, a figura emblemática do swinging london nos anos 60 continua a exibir a frescura e a energia dos primeiros tempos.

“Em primeiro lugar, é importante gostar do que se faz e estar bem consigo próprio. Quando tocamos para as outras pessoas, queremos que os amigos e depois os críticos gostem do que fazemos e queremos também que o público goste. Ás vezes fazemos coisas que nos agradam a nós e ao público mas não aos críticos”, disse o músico.

Na cabeça de Mick Jagger a reforma ainda está longe e para prová-lo basta citar alguns números. O Hyde Park Live, o álbum dos Rolling Stones gravado no início de Julho no Hyde Park em Londres, chegou, em 24 horas, ao topo da tabela de vendas do iTunes.

“Não quero ser como uma instituição ultrapassada, quero estar vivo. Felizmente sinto-me assim”, confessa Jagger.

Para novembro, deverá chegar às livrarias a tradução portuguesa da biografia de Jagger escrita por Philip Norman.