Última hora

Última hora

Não há festa em Santiago

Em leitura:

Não há festa em Santiago

Tamanho do texto Aa Aa

Em Santiago de Compostela, esta costuma ser uma época de celebração, com a “Festa do Apóstolo”.

Mas, este ano, a tragédia bateu à porta: Em sinal de luto, a Câmara Municipal cancelou o fogo-de-artifício e as celebrações. Mas há quem não esteja contente: “Acho bem que fechem, mas que fechem tudo. Porque os bares continuam abertos e o nosso negócio aqui não é diferente dos outros”, diz Miguel, um feirante.

Santiago de Compostela tem muitos turistas mas, este ano, há muito menos gente nas ruas: “Hoje, sobretudo, há muito menos pessoas, menos trabalho. As pessoas estão menos entusiastas, mais tristes. Estamos a trabalhar a 30 ou 40% do que seria normal num dia festivo como hoje”, conta Hector, um empregado de restaurante.

Muitos turistas estavam já em Santiago quando se deu o acidente e compreendem a razão do cancelamento dos festejos. A enviada especial da euronews, Filipa Soares, falou com alguns: “É muito triste. Estávamos na praça à espera do fogo-de-artifício. A pouco e pouco, as pessoas começaram a falar do que aconteceu, e com certeza que respeito. As pessoas ficaram muito calmas, muito silenciosas”, conta Cheryl, uma turista holandesa.

As mensagens de pesar multiplicam-se, vindas quer dos locais, quer dos turistas. Esta é uma das maiores tragédias de sempre na Galiza.

YouTube video about the accident:

Where all this happened:


Agrandir le plan

Image gallery:

  • Picture by Óscar Corral

  • Picture by Óscar Corral

  • Picture by Óscar Corral

  • Picture by Óscar Corral

  • Picture by Óscar Corral

  • Picture by Óscar Corral

  • Picture by Óscar Corral

  • Picture by Óscar Corral

  • Picture by Óscar Corral

  • Picture by Óscar Corral