Última hora

Última hora

Um arranque perfeito

Em leitura:

Um arranque perfeito

Tamanho do texto Aa Aa

Num pequeno país, como o Luxemburgo, a internacionalização de uma empresa tem de ser pensada desde o início. O plano de negócios tem de ser orientado para essa abordagem. Neste país, existe uma rede que prepara os empresários a olhar para os países vizinhos.

A Agilis Engineering encontrou o seu nicho de negócios – a conceção e manutenção de peças para fábricas que trabalham com altas temperaturas. Já em plena crise, em 2009, esta PME foi criada com o objetivo de propor um serviço inovador, ao abranger todo o ciclo de vida dos seus produtos. Os seus três fundadores receberam formação na rede 1,2,3, GO. Isabelle Saint-Antoine é a diretora-executiva: “A 1,2,3, GO, abriu-nos muitas portas, desde estruturas de apoio empresarial, ao acesso à incubadora onde nos instalámos, porque beneficiamos de preços mais razoáveis. Tudo isto contribui para o nosso desenvolvimento diário.”

Todos os anos, os lucros multiplicam-se por 4. Saint-Antoine descreve a evolução: “Quando lançámos a empresa, as exportações eram 30%. Agora, estão nos 50%. Apontamos para os 80%, daqui a 5 anos.”

O projeto 1,2,3, GO funciona não só no Luxemburgo, mas também nas regiões contíguas da Bélgica, França e Alemanha. Aos empresários que apresentem conceitos inovadores, é-lhes proporcionada uma formação personalizada destinada a criar, logo à partida, uma rede de contactos e um plano de internacionalização. Frédérique Gueth, gestora da rede, explica as vantagens: “O facto de acompanharmos a elaboração de um plano de negócios permite estruturar um projeto antes de criar a empresa, colocando as questões certas, no momento certo. Ao mesmo tempo, outros empresários que já se encontram na rede dão o seu feedback. Assim evita-se que as coisas corram mal.”

Um conceito que foi distinguido nos Prémios Europeus de Promoção Empresarial, já em 2007. Geth realça que “a 1,2,3, GO permitiu criar mais de 300 empresas, com uma taxa de sobrevivência de 50%, a 5 anos. São números relevantes na área da inovação. E foram gerados mais de mil postos de trabalho.”