Última hora

Última hora

Espanha presta tributo às vítimas do descarrilamento de Santiago de Compostela

Em leitura:

Espanha presta tributo às vítimas do descarrilamento de Santiago de Compostela

Tamanho do texto Aa Aa

Realiza-se esta tarde, quando forem 18h em Lisboa, o funeral oficial das vítimas do descarrilamento de um comboio à entrada de Santiago de Compostela.

A cerimónia, na catedral da cidade, contará com a presença do primeiro-ministro espanhol, Mariano Rajoy e dos príncipes das Astúrias, entre outros dignitários.

Entretanto, o maquinista do comboio assumiu este domingo em tribunal que estava distraído na altura do acidente. Nas ruas de Santiago, a população considera que o “profissional, com as horas de maquinista que tem, não pode cometer um erro destes” e pensar que estava noutra parte do troço.

Francisco Amo, que está a ser acusado de homicídio por negligência, admitiu perante o juiz que circulava a mais do dobro da velocidade permitida na curva limitada a 80 km/h e que o acidente se deveu a um “erro humano”. O arguido ficou em liberdade condicional sujeito a termo de identidade e residência. Foi-lhe também suspensa, a licença profissional de maquinista.

As linhas afetadas pelo acidente, que já fez 79 mortos, foram entretanto reabertas.