Última hora

Última hora

Funeral solene em Espanha

Em leitura:

Funeral solene em Espanha

Tamanho do texto Aa Aa

A Catedral de Santiago encheu-se de emoção no funeral das 79 vítimas da tragédia ferroviária. Os príncipes de Espanha, a infanta Elena, Mariano Rajoy e outros representantes do governo acompanharam os familiares. Presentes na cerimónia estavam também bombeiros, agentes da polícia e vizinhos que acudiram as vítimas.

Durante o cerimonial, o Arcebispo de Santiago lembrou as famílias que a “Galiza e Espanha os têm no coração” e pediu pelas sessenta e nove pessoas que permanecem hospitalizadas, vinte das quais em estado grave.

A tristeza acompanha a imcompreensão sobre este acidente.

Marginie Noel, peregrina francesa: “Conheci um homem espanhol, um homem espanhol idoso e pedi-lhe para me dar uma cruz para que eu pudesse orar pelos mortos. E, pelos que infelizmente estão feridos.”

Rafael Ramon: “O juiz tem que decidir, eu não tenho nenhuma informação para o julgar. A pessoa que tem a informação pode fazer isso, eu não posso.”

Nesta terça-feira abrem-se as caixas negras do comboio, que até agora permaneceram sob custódia policial.