Última hora

Última hora

Itália: Supremo Tribunal decide futuro de Berlusconi

Em leitura:

Itália: Supremo Tribunal decide futuro de Berlusconi

Tamanho do texto Aa Aa

O Supremo Tribunal italiano começou a analisar, esta terça-feira, o último recurso de que Silvio Berlusconi dispõe no país para evitar a condenação por fraude fiscal no caso Mediaset e a interdição de exercer cargos públicos. Um caso que pode vir a desmoronar a frágil aliança de governo em Itália.

Se os juízes confirmarem as duas sentenças precedentes – na que será a primeira decisão definitiva nos inúmeros casos em que Il Cavaliere é arguido – chegam ao fim duas décadas em que Berlusconi foi a cara do centro-direita em Itália depois de ter provocado a ruína dos partidos tradicionais transalpinos.

Nas ruas, os italianos afirmam que “em vez falar na queda do governo, Berlusconi devia concentrar-se nos seus problemas pessoais e na decisão dos juízes porque o que diz respeito ao país é para ser decidido por quem governa o país”. Há também quem considere que “em Itália, na verdade, a justiça não é igual para todos. Os políticos deviam compreender isso e dar um passo atrás. Deviam respeitar a autonomia da magistratura que é a garantia da democracia e da liberdade”.

Se for confirmada a condenação a quatro anos de prisão, entretanto comutada para um ano no quadro de uma amnistia, Berlusconi terá de deixar o lugar no senado.

Em tom de chantagem, o partido de Il Cavaliere ameaça abandonar o governo e lançar o país no caos político se Berlusconi for condenado.