Última hora

Última hora

A sequela de Kick-Ass

Em leitura:

A sequela de Kick-Ass

Tamanho do texto Aa Aa

Kick-Ass regressa ao grande écrã numa sequela realizada por Jeff Wadlow. O filme baseia-se numa banda desenhada. O argumento gira em torno de um adolescente que decide transformar-se num super-héroi. Kick Ass combate o crime com a ajuda de Red Mist, Big Daddy e Hit-Girl.

O filme foi apresentado em San Diego, durante o festival Comic-Con, na presença de Aaron Taylor-Johnson, o ator principal.

“É divertido fazer as cenas. Há imensas brigas, atores novos, superhérois, Jim Carrey, Donald Faison, eles reforçam o filme.
As personagens fazem uma longa viagem e tentam descobrir-se a si próprias num contexto louco e fantástico e numa terra transvestida”, mas é algo violento”, afirmou Aaron Taylor-Johnson.

As palavras de Taylor-Johnson fazem referência à polémica em torno das declarações de Jim Carrey.

Numa mensagem, no Twitter, o veterano da comédia afirmou que depois do massacre ocorrido numa escola americana do Connecticut, não podia apoiar o filme por ser demasiado violento.

“Cada um tem o direito de ter a sua própria opinião. É pena ele não estar aqui. Ele é fantástico e tem boas ideias. Por exemplo, a questão da prótese. Ele construiu um visual semelhante ao da personagem da banda desenhada. Foi uma criação dele. Ele é um grande ator, com muita energia”, considerou Aaron Taylor-Johnson.

«Kick-Ass 2» estreia nas salas de cinema portuguesas a 29 de agosto.