Última hora

Última hora

Grécia corta em 10% IVA da restauração

Em leitura:

Grécia corta em 10% IVA da restauração

Tamanho do texto Aa Aa

A partir de hoje pode ser mais barato comer nos restaurantes gregos. Isto se a redução do IVA, de 23 para 13%, se fizer sentir nos preços dos estabelecimentos. A taxa aplica-se a todos os produtos consumidos em restaurantes, caterings e take away, bem como às bebidas, exceto as alcoólicas, que vão continuar a ser taxadas a 23%.

“É crucial para o sucesso desta medida que os donos dos restaurantes reduzam os preços, até porque é a primeira vez nos últimos três anos que temos um corte substancial de impostos na Grécia”, explica o professor de Economia, Panayotis Petrakis.

Estima-se que em média os preços caiam 8%, mas os donos dos restaurantes, como Nikos Koutouzis, não se mostram otimistas: “O problema é que muitos gregos já não têm dinheiro para comer fora. Não é um ou dois euros menos na conta que os vai fazer regressar”.

“É bom para nós, clientes. É bom para o turismo. Acima de tudo, é bom para a economia”, realça um cliente.

Se o corte do IVA não produzir os efeitos esperados e os preços se mantiverem altos, o Governo vai rever a política e voltar a colocar o IVA em 23% no dia 1 de janeiro de 2014.