Última hora

Última hora

Mali: chefe de Estado escolhido na segunda volta das presidenciais

Em leitura:

Mali: chefe de Estado escolhido na segunda volta das presidenciais

Tamanho do texto Aa Aa

Os eleitores do Mali vão voltar às urnas para escolher o chefe de Estado.

O antigo primeiro-ministro, Ibrahim Bubacar Keita, venceu a primeira volta das eleições presidenciais com cerca de 39 por cento dos votos, mais 20 pontos percentuais que o segundo mais votado, Sumaïla Cissé, antigo presidente da Comissão da União Económica e Monetária da África Ocidental.

O tira-teimas está previsto para 11 de agosto.

“A segunda volta era inevitável devido aos resultados obtidos pelos candidatos e tendo em conta a atual situação no Mali” afirma Cissé.

Os resultados parciais das eleições davam a Keita, uma vantagem significativa sobre os outros candidatos. Uma informação avançada e corrigida, mais tarde, pelo ministro do Interior.

“Esta eleição devia unir a população, mas esta reviravolta pode terminar mal e acabar por ser um perigoso fator de divisão” refere o jornalista Souleymane Drabo.

O coordenador de campanha de Cissé contestou as afirmações do ministro do Interior que davam como certa a vitória de Keita quando, apenas, estavam contados cerca de um terço dos votos e denunciou irregularidades durante a votação.

O chefe da missão de observadores da União Europeia garante que o escrutínio foi transparente e classificou de “excelentes” as condições em que decorreu.