Última hora

Última hora

Mugabe reconquista presidência e parlamento do Zimbabué

Em leitura:

Mugabe reconquista presidência e parlamento do Zimbabué

Tamanho do texto Aa Aa

Robert Mugabe vai continuar a controlar o Zimbabué. O chefe de Estado de 89 anos foi proclamado como vencedor das presidenciais com 61 por cento dos votos, depois de um escrutínio contestado pelo principal rival e criticado pela comunidade internacional.

A comissão eleitoral anunciou também que o Zanu-PF de Mugabe conquistou uma maioria qualificada de dois terços no Parlamento, eliminando qualquer esperança de alternância democrática.

O rival, Morgan Tsvangirai, líder do Movimento para a Mudança Democrática – que integrava desde 2009 um governo de unidade nacional -, denunciou uma “enorme farsa” e prometeu contestar a eleição nos tribunais.

O primeiro-ministro cessante afirmou que “o povo [do Zimbabué] é disciplinado. Se fosse noutro país, queimaria edifícios. Escolheu não fazê-lo porque sabe que não queremos uma resolução violenta para esta crise”.

Os Estados Unidos evocaram “importantes irregularidades” e disseram que os resultados não são “credíveis”, enquanto a União Europeia denunciou a “falta de transparência” do processo eleitoral no Zimbabué.