Última hora

Última hora

Estados Unidos prolongam alerta mundial durante toda a semana

Em leitura:

Estados Unidos prolongam alerta mundial durante toda a semana

Tamanho do texto Aa Aa

O Iémen é o país mais problemático no alerta mundial contra atentados terroristas que provocou o encerramento de várias embaixadas e consulados. A França, o Reino Unido e a Alemanha seguiram os passos dos Estados Unidos, que fecharam a representação diplomática em Sanaa. Washington anunciou que a medida se prolonga, pelo menos, até ao próximo sábado, alargando-a a 19 países do Médio Oriente e do Norte de África. Entretanto, esta segunda-feira, reabrem as portas em Cabul, Bagdad, Argel, entre outros.

O senador americano Saxby Chambliss resume assim o contexto: “No 11 de setembro, não tínhamos tomado as precauções necessárias. Agora temos de planificar as coisas com cautela à medida que o Ramadão se aproxima do fim. É uma altura que é sempre complicada em termos de investidas terroristas. Mas esta é a mais séria ameaça dos últimos anos.”

O alerta tem na base uma série de registos áudio dos atuais responsáveis da Al-Qaeda, nos quais se repudia a intervenção dos Estados Unidos na deposição do presidente egípcio, Mohammed Morsi.