Última hora

Última hora

Alegado ataque da Al-Qaeda está na base de alerta mundial

Em leitura:

Alegado ataque da Al-Qaeda está na base de alerta mundial

Tamanho do texto Aa Aa

À semelhança do que acontece no Cairo, por exemplo, as representações diplomáticas dos Estados Unidos noutros 18 países vão permanecer encerradas até ao próximo dia 10. Prossegue, assim, o estado de alerta lançado no Médio Oriente e no Norte de África.

Sabe-se agora que, na base desta medida de prevenção, está a interceção de comunicações entre o líder da Al-Qaeda, Ayman al-Zawahri, e um responsável da rede na Península Arábica. Ao que tudo indica, o primeiro terá dado ordens ao segundo para executar um ataque, a partir deste domingo.

O porta-voz da Casa Branca, Jay Carney, afirma que não pode revelar “mais detalhes sobre os dados recolhidos”, mas que “esta ameaça é muito significativa e, por isso, estão a ser tomadas todas as medidas de precaução possíveis.”

Do lado europeu, Reino Unido, França e Alemanha seguem os passos dos Estados Unidos, e vão manter algumas embaixadas fechadas durante os próximos dias, nomeadamente a de Sanaa, capital do Iémen.