Última hora

Última hora

Egito: Senadores norte-americanos apelam ao diálogo nacional

Em leitura:

Egito: Senadores norte-americanos apelam ao diálogo nacional

Tamanho do texto Aa Aa

Os senadores republicanos norte-americanos John McCain e Lindsey Graham pediram, no Cairo, a libertação dos presos políticos egípcios, e apelaram ao início de um diálogo nacional que inclua todas as partes.

John McCain defendeu que é necessário que todas as partes renunciem à violência para começar um diálogo nacional e de reconciliação.

“Apelamos à libertação dos presos políticos. Apelamos vivamente ao diálogo nacional. Um diálogo nacional entre todas as partes incluindo a Irmandade Muçulmana. Ao mesmo tempo esperamos que a Irmandade Muçulmana se abstenha da violência”, disse McCain.

Os senadores chegaram na segunda-feira ao Cairo e reuniram-se com o chefe das Forças Armadas egípcias, Abdel Fatah al Sisi, e o vice-presidente Mohamed El Baradei.

“Durante vários dias esforços diplomáticos internacionais desenvolvidos no Cairo tentam que as partes em conflito cheguem a um acordo político que ponha fim à tensão política que ameaça a estabilidade do país”, sublinhou Mohammed Shaikhibrahim, da Euronews.

Entretanto a Irmandade Muçulmana garante que vai continuar a insistir no regresso ao poder do Presidente egípcio deposto Mohamed Morsi.

Os apoiantes de Morsi insistem que não aceitarão qualquer resolução para a crise que o Egito atravessa se esta não incluir o seu regresso ao poder.

Morsi está detido pelo Exército num local secreto desde 3 de julho.