Última hora

Última hora

Fundador da Amazon promete preservar valores do Washington Post

Em leitura:

Fundador da Amazon promete preservar valores do Washington Post

Tamanho do texto Aa Aa

Um dos principais jornais dos Estados Unidos e outros títulos detidos pela The Washington Post Company vão ser comprados por Jeff Bezos, fundador da Amazon. Um negócio de 250 milhões de dólares, o equivalente a 189 milhões de euros.

Bezos, que adquiriu a divisão a título pessoal, garante que vai manter-se afastado da gestão quotidiana e que não vai mexer nos cargos de administração e direção.

A revista online Slate, o segundo título mais conhecido do grupo, não vai ser incluída na venda, que deve concretizar-se nos próximos 60 dias.

No segundo trimestre deste ano, a divisão de jornais da empresa detentora do Washington Post teve prejuízos de 14,8 milhões de dólares. No mesmo período, as receitas provenientes da publicidade impressa caíram 4%. Nos primeiros seis meses do ano, a circulação caiu mais de 7% quer durante a semana, quer ao domingo.

Durante 80 anos, o Washington Post esteve nas mãos da família Graham. Sem experiência na área da imprensa, Jeff Bezos diz não ter um plano elaborado e que vai ser necessária experimentação. Mas promete não tocar nos valores do jornal mais conhecido do grupo.