Última hora

Última hora

China aplica multas recorde a empresas de laticínios

Em leitura:

China aplica multas recorde a empresas de laticínios

Tamanho do texto Aa Aa

As autoridades chinesas aplicaram multas recorde, no valor de 670 milhões de yuan, o equivalente a 82 milhões de euros, a seis empresas do setor de laticínios por concertação de preços.

A chinesa Biostime foi multada em 6% das receitas de vendas obtidas em 2012. Uma percentagem mais elevada do que a cobrada às outras empresas visadas. Em termos de valor monetário, a maior multa foi para a norte-americana Mead Johnson: o equivalente a 25 milhões de euros.

Foram ainda multadas a Dumex, subsidiária da Danone, a Abbott, Friesland e a Fonterra.

A Nestlé, a japonesa Meiji e a empresa local Zhejiang Beingmate Scientific Technology Industry and Trade não foram punidas porque cooperaram com a investigação, ofereceram provas importantes e realizaram uma ativa autorretificação.