Última hora

Última hora

Steinbruck ataca origem de Merkel e chanceler fala de bolos

Em leitura:

Steinbruck ataca origem de Merkel e chanceler fala de bolos

Tamanho do texto Aa Aa

A pouco mais de um mês das eleições legislativas alemãs, o principal partido da oposição, o SPD, aposta numa acompanha cerrada contra a chanceler Angela Merkel, líder da CDU e favorita à vitória.

A nova série de cartazes demonstram a aposta dos sociais-democratas alemães. Mas Pier Steinbruck, o líder, terá ido longe demais ao afirmar que Merkel não tem qualidades para ser dirigente europeia por ter sido criada e educada na Alemanha de leste e não ter sentido de perto a construção da União Europeia.

As críticas não se fizeram esperar, em especial de outros políticos da antiga Alemanha de leste, incluindo de um potencial parceiro de coligação, o Die Linke.

Mas não é apenas o SPD que cerra fileiras. A CDU faz o mesmo. Uma recente sondagem demonstra que a vantagem dos democratas cristãos encurtou. Daí Angela Merkel ter incluído num recente discurso as preferências do marido em termos de bolos, preparados pela própria. Uma aposta no intimismo.