Última hora

Última hora

Acidente ferroviário analisado por comissão parlamentar espanhola

Em leitura:

Acidente ferroviário analisado por comissão parlamentar espanhola

Tamanho do texto Aa Aa

Dois administradores ligados aos caminhos-de-ferro espanhóis foram os primeiros a serem ouvidos, esta quinta-feira, na sessão de abertura da comissão parlamentar de inquérito ao acidente de 24 de julho, perto de Santiago de Compostela.

Em memória dos 79 mortos, os deputados observaram um minuto de silêncio.

Mais do que explicar as razões do acidente, esta comissão destina-se a apurar eventuais lacunas de segurança e a indagar sobre novas medidas aprovadas, nomeadamente procedimentos de comunicação.

O condutor estava a falar ao telemóvel no momento do acidente, aparelho entretanto recuperado pela polícia.

O comboio que viajava a mais de 190 km por hora, quando o limite máximo no local era de 80 km, descarrilou numa curva.

Além das vítimas mortais, cerca de centena e meia de pessoas ficaram feridas.