Última hora

Última hora

Fim do Ramadão dá novo alento aos apoiantes de Morsi

Em leitura:

Fim do Ramadão dá novo alento aos apoiantes de Morsi

Tamanho do texto Aa Aa

O desmantelamento pela força dos acampamentos islamitas pode estar eminente no Egito.

Indiferentes às ameaças, os apoiantes do chefe de Estado deposto mostram-se mais determinados que nunca. Esta quinta-feira, milhares de pessoas participaram nas orações que marcam o início do Eid al-Fitr e exigiram, mais uma vez, o regresso de Mohamed Morsi ao poder.

“A revolução continua e os que pensavam que ia acabar com o fim do Ramadão estavam enganados” refere Mohammed el-Beltagy da Irmandade Muçulmana.

Em duas das principais praças do Cairo estão os apoiantes do chefe de Estado deposto, em Tharir os opositores. Egipcios unidos pelo Eid al-Fitr e divididos pelas convicções políticas.

“Estou muito triste com o que está acontecer no Egito. Hoje, festejamos o Eid al-Fitr e população está dividida. É uma vergonha porque somos todos muçulmanos” refere um defensor do governo interino.

Os analistas temem que festa – que assinala o fim do Ramadão – termine num banho de sangue. Os esforços internacionais para acabar crise a política não surtiram efeito e o governo interino responsabiliza a Irmandade Muçulmana pelo que possa vir a acontecer.