Última hora

Última hora

Pinturas roubadas em 2012 reduzidas a cinzas

Em leitura:

Pinturas roubadas em 2012 reduzidas a cinzas

Tamanho do texto Aa Aa

Pelo menos três quadros de alguns dos mais conceituados pintores de sempre roubados, no ano passado, em Roterdão por um grupo de romenos estão reduzidos a cinzas.

Essa é pelo menos a convicção dos especialistas em arte do Museu de História Nacional da Roménia.

Durante a investigação, a mãe de um dos assaltantes admitiu ter queimado as obras para proteger o filho. As análises químicas comprovam isso mesmo.

O diretor do Museu explica que os vestígios encontrados nas cinzas da casa da mãe de um dos assaltantes permitem garantir com certeza absoluta que pelo menos três ou de quatro pinturas foram queimadas.

Seis romenos foram detidos por aquele que ficou conhecido como o “roubo do século.”

As obras assinadas por nomes como Picasso, Gauguin e Matisse estavam avaliadas em mais de 30 milhões de euros. Pertenciam à coleção privada Triton e tinham sido emprestadas ao Centro de Arte de Roterdão, na Holanda.