Última hora

Última hora

Mali escolhe presidente para uma nova página da história.

Em leitura:

Mali escolhe presidente para uma nova página da história.

Tamanho do texto Aa Aa

Segunda volta das eleições presidenciais, este domingo, no Mali, um país em fase de transição depois do golpe de Estado militar, em março do ano passado.

O antigo primeiro-ministro Ibrahim Boubacar Keita, favorito à vitória, tem pela frente o antigo ministro das Finanças, Sumaila Cissé, numa corrida entre dois veteranos da política maliana com 68 e 63 anos, respetivamente. Keita alcançou quase 40% dos sufrágios na primeira volta, contra perto de 20% para “Soumi”, como é apelidado Cissé. Keita joga a carta da experiência enquanto que Cissé fala na necessidade de um plano Marshall para o Mali.

Na véspera do escrutínio, a situação na capital, Bamaco, era “estável” e as pessoas estavam “tranquilas”, segundo o relato de uma conselheira portuguesa do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD).

Seja qual for o vencedor, o novo presidente do Mali vai ter de solucionar a profunda crise política vivida no país desde o golpe de estado de 22 de março de 2012 e pacificar o território, depois da guerra das forças francesas, malianas e da União Africana contra os grupos de radicais islâmicos que controlavam o Norte do Mali.