Última hora

Última hora

Argentina: O aviso dos eleitores a Cristina Kirchner

Em leitura:

Argentina: O aviso dos eleitores a Cristina Kirchner

Tamanho do texto Aa Aa

Diminuem as esperanças de um terceiro mandato para a presidente argentina, Cristina Kirchner. O seu partido, Frente para a Vitória, ganhou as primárias deste domingo, mas a oposição progrediu fortemente neste que é visto como uma mega sondagem para as legislativas em Outubro.

Face aos resultados, o partido de Cristina Kirchner manteria o controlo do parlamento, mas ficaria aquém da maioria de dois terços que necessita para alterar a Constituição e aumentar o número de mandatos, atualmente limitado a dois.

Cristina Kirchner cumpre atualmente o segundo mandato, cujo final está previsto para 2015.

A maior derrota de Kirchner registou-se na província de Buenos Aires, o maior círculo eleitoral do país. Sergio Massa, antigo chefe de gabinete de Kirchner e presidente da câmara de Tigre, na periferia da capital, ganhou e relegou o partido da presidente para o terceiro lugar. Há já quem considere Massa como eventual candidato às presidenciais de 2015.

A presidente perdeu também outras das quatro províncias mais populosas do país.

No total, foram chamados às urnas mais de 30 milhões de argentinos, para definir os candidatos às legislativas de outubro. Mas são cada vez mas as vozes que criticam a política de Cristina Kirchner, acusando-a de práticas autoritárias, de protecionismo económico e de não lutar contra a corrupção.