Última hora

Última hora

Reino Unido: Cameron apoia a extração do gás de xisto

Em leitura:

Reino Unido: Cameron apoia a extração do gás de xisto

Tamanho do texto Aa Aa

O processo de extração de gás de xisto ganhou um aliado de peso no Reino Unido. Trata-se do primeiro-ministro, David Cameron.

Num artigo publicado no Daily Telegraph, Cameron evoca os benefícios para o país e insiste que a tecnologia é segura em termos ambientais se for corretamente regulamentada.

Para Cameron a extração do gás de xisto pode criar 70 mil empregos e reduzir a dependência energética do país, fazendo baixar as faturas dos britânicos. Por isso pede o apoio público à exploração em todo o país.

Mas não será fácil. Na aldeia de Balcombe, no sul de Londres, os protestos multiplicam-se. Os ambientalistas argumentam que a “fraturação hidráulica”, que consiste na injeção de água e produtos químicos a grande profundidade, pode poluir os lençóis freáticos e o ambiente.

A questão está a provocar um forte debate na Europa.

Em França, a extração de gás de xisto foi proibida. Já a Alemanha pondera o assunto, enquanto na Polónia, os resultados não são satisfatórios.