Última hora

Última hora

Médicos Sem Fronteiras saem da Somália

Em leitura:

Médicos Sem Fronteiras saem da Somália

Tamanho do texto Aa Aa

A organização humanitária Médicos Sem Fronteiras decidiu sair da Somália depois de 22 anos de presença contínua naquele país em guerra civil permanente. A direção justificou a decisão com os graves problemas de segurança que, diz, tornam impossível a continuação do trabalho em prole das populações carenciadas numa região afetada pela fome e guerra.