Última hora

Última hora

O windsurf que corre atrás da tempestade ideal

Em leitura:

O windsurf que corre atrás da tempestade ideal

Tamanho do texto Aa Aa

A competição chama-se Red Bull Storm Chase, ou seja, perseguem-se as condições metereológicas ideais e, em 48 horas, os organizadores mobilizam os atletas para cavalgarem as ondas num determinado ponto do planeta.

Desta feita, a segunda etapa daquela que é, provavelmente, uma das mais desafiantes provas de windsurf do mundo, decorreu na Tasmânia. Os seis competidores foram unânimes: com ondas de nove metros, os dois dias desta eliminatória foram considerados dos melhores de que há memória para a prática da modalidade.

Apenas quatro seguem em frente para a final. Entre eles, destaca-se o homem que venceu as duas primeiras rondas, o francês Thomas Traversa.