Última hora

Última hora

Futebol regressa a Mogadíscio

Em leitura:

Futebol regressa a Mogadíscio

Tamanho do texto Aa Aa

Estádio Banadir, em Mogadíscio, capital da Somália. Nos últimos 30 anos, o futebol cedeu muitas vezes o lugar a massacres, tanto da ditadura militar que durou até ao início dos anos 90, como da al-Shabaab, a célula somaliana da Al-Qaida, que só foi expulsa da capital há dois anos.

O futebol está agora de regresso ao Banadir pela mão da FIFA, que está a recuperar o campo e que concluiu o primeiro curso para treinadores na Somália em mais de 30 anos com um festival em que participaram cerca de 300 crianças. Jovens que o diretor da Federação de Futebol considera terem “boa técnica”. Awil Ismail explica que “a longa guerra” criou um “hiato” na formação que poderá ser resolvido no futuro porque “agora há alguma estabilidade” na Somália.

O último encontro internacional no estádio ocorreu a 27 de junho de 1980, já lá vão mais de 33 anos. O desporto chegou a ser proibido durante o jugo dos rebeldes extremistas al-Shabaab. O parcialmente remodelado estádio Banadir volta a receber o desporto rei a partir de 5 de setembro, no regresso do campeonato de futebol da Somália