Última hora

Última hora

Líbano: Duas mesquitas sunitas atacadas em Tripoli

Em leitura:

Líbano: Duas mesquitas sunitas atacadas em Tripoli

Tamanho do texto Aa Aa

Duas mesquitas sunitas foram, esta sexta-feira, alvo de atentados em Tripoli, no Líbano. Segundo o último balanço das autoridades, as duas explosões provocaram pelo menos 42 mortos. A Cruz Vermelha libanesa avança que mais de 500 pessoas ficaram feridas.

A primeira explosão aconteceu no centro da cidade, perto da casa do primeiro-ministro cessante, Nayib Mitaki. De acordo com fontes estatais, o líder do governo não estaria no local.

A segunda explosão, minutos após a primeira, ocorreu perto do porto de Tripoli, numa zona onde fica a residência de um antigo chefe da polícia.

As duas explosões de Tripoli, a 70 quilómetros a norte da capital, aconteceram uma semana após um atentado com um carro armadilhado, em Beirute. Matou pelo menos 24 pessoas, numa zona da capital controlada pelo movimento Hezbollah, que mantém um forte apoio entre a população xiita.

O ataque de sexta-feira a Tripoli é o mais mortífero, nesta cidade, desde o fim da guerra civil no Líbano, em 1990. Tem crescido a violência contra a população sunita, desde o início da guerra civil na vizinha Síria. Os sunitas são partidários dos opositores sírios, enquanto que os xiitas apoiam o regime de Bashar al-Assad.

Teme-se agora que esta tensão sectária desencadeie uma nova guerra civil no Líbano.