Última hora

Última hora

Índia: Polícia deteve quinto suspeito de violação coletiva

Em leitura:

Índia: Polícia deteve quinto suspeito de violação coletiva

Tamanho do texto Aa Aa

Terminou a caça ao homem na Índia. A polícia deteve o quinto suspeito de ter violado uma fotojornalista na quinta-feira, em Bombaim, na Índia. Os indivíduos incorrem numa pena de até 20 anos de prisão, depois da moldura penal para os crimes sexuais ter sido reforçada em março.

A fotógrafa, com pouco mais de 20 anos, estava em reportagem quando foi atacada. O colega de trabalho que a acompanhava foi agredido e amarrado. O caso voltou a provocar protestos, meses depois de outra violação coletiva em que a vítima acabou por morrer.

Um grupo de fotojornalistas concentrou-se em frente ao tribunal para expressar a revolta contra uma sociedade onde reina a cultura do silêncio face à violação das mulheres. As estatísticas revelam que, na Índia, uma mulher é violada a cada vinte minutos.