Última hora

Última hora

Líder do partido antieuropeu alemão Alternativa para a Alemanha agredido por radicais de extrema-esquerda

Em leitura:

Líder do partido antieuropeu alemão Alternativa para a Alemanha agredido por radicais de extrema-esquerda

Tamanho do texto Aa Aa

Aumenta a tensão na campanha eleitoral alemã. O líder do novo partido antieuropeu alemão, Bernd Lucke, foi agredido por um grupo de radicais da extrema-esquerda em Bremen. O grupo de militantes do movimento criado em abril, Alternativa para a Alemanha, foi atacado com gás pimenta por cerca de 25 indivíduos encapuçados. Um dos elementos da equipa de campanha foi esfaqueado e mais de uma dezena de pessoas sentiram dificuldades respiratórias devido à utilização do gás. Três pessoas foram detidas pela polícia.

As agressões a membros do movimento Alternativa para a Alemanha por parte de militantes da extrema-esquerda têm sido recorrentes nos últimos meses.

Em Berlim também se viveram momentos de tensão durante um protesto organizado por militantes do partido neonazi NPD contra a criação de um centro de acolhimento para refugiados. Perto de 750 pessoas participaram numa contramanifestação em sinal de apoio à criação do centro no mesmo local.