Última hora

Última hora

Norte-americanos celebram 50 anos sobre discurso histórico de Martin Luther King

Em leitura:

Norte-americanos celebram 50 anos sobre discurso histórico de Martin Luther King

Tamanho do texto Aa Aa

Milhares de pessoas participaram este sábado em Washington nas celebrações dos 50 anos do emblemático discurso de Martin Luther King “I Have A Dream”.

Apesar dos números terem ficado aquém das 250 mil pessoas registadas em 1963, muitos quiseram honrar o legado deixado pelo emblemático líder do movimento dos direitos civis.

O caso de Trayvon Martin morto recentemente por um vigilante na Flórida esteve igualmente em destaque. Muitos apontam este caso como exemplo de que o sonho de Martin Luther King está longe de estar realizado.

“Martin Luther King deixou claro que as promessas e a prática não coincidiam. Havia muita gente excluída que era preciso incluir na sociedade”, afirmou Steny Hoyer, líder da minoria democrata na Câmara dos Representantes.

Na quarta-feira, data oficial do histórico discurso, terão lugar mais celebrações. Está prevista a participação do presidente Barack Obama, entre outras figuras de destaque.

O correspondente da euronews em Washington adianta que “ao recordar Martin Luther King, muitos oradores afirmam que partes dos seu sonho ainda permanecem por realizar. Empregos, liberdade e justiça social permanecem um desafio. E muitos vêm o crescente fosso entre ricos e pobres como o principal problema dos Estados Unidos”.